A Serra da Moeda, é uma cadeia de montanhas localizada no complexo da Serra do Espinhaço, possui uma extensão  que abrange oito municípios: Belo Vale, Moeda, Jeceaba, Congonhas, Itabirito, Rio Acima, Nova Lima e Brumadinho.

Foi em função da enorme quantidade de metais preciosos que se deu a ocupação portuguesa nas terras de Minas Gerais e é nesse  contexto que se começa a história da Serra da Moeda.

Brumadinho é uma cidade cheia de histórias no seu entorno, cercada de belas serras, tornou-se um grande pólo turístico com a criação do maior museo aberto da America Latina, o Inhotim.

Este museo fica a apenas 60km de Belo Horizonte e não pode ficar de fora da lista de qualquer viajante que passa pela região de Brumadinho.

Após o rompimento da barragem de rejeitos da vale, a economia da região de Brumadinho, que foi fortemente afetada, aos poucos vem se reerguendo, em grande parte com a ajuda e crescimento do turismo em Brumadinho.

O complexo turístico da região de Brumadinho possui vários hotéis e pousadas, bares e restaurantes e uma diversidade de passeios e atividades ao ar livre.

O que fazer na Serra da Moeda, além do Inhotim fizemos uma lista dos principais roteiros turístico da região de Brumadinho.

1- Instituto Inhotim

Inhotim

O Instituto Inhotim é um museo de Arte Contemporânea e Jardim botânico, localizado em Brumadinho MG. Foi criado e idealizado pelo empresário mineiro Bernardo de Mello Paz, em sua fazenda, sendo uma entidade privada sem fins lucrativos, reconhecido pelo Governo de Minas Gerais e mantido com recursos de doações de pessoas físicas e jurídicas, diretas ou por meio das Leis Federais e Estaduais de Incentivo à Cultura.

O Inhotim está aberto a visitações de sexta a domingo, não há necessidade de agendar sua visita, mas prepare-se para longas caminhadas pois está localizado numa área de enorme diversidade da Mata Atlântica e do Cerrado ao longo de 140 hectares, mesclando arte e natureza.

Possui cerca de 700 obras de mais de 60 artistas de quase 40 países, exibidas ao ar livre e em galerias em meio a um Jardim Botânico com mais de 4,3 mil espécies raras, vindas de vários continentes. Os ingressos podem ser adquiridos em pacotes de 1, 2 ou 3 dias dependendo da sua disponibilidade de tempo e animação para andar.

Por falar em andar, recomendo no ato da compra do seu ingresso a compra conjunta do transporte interno que é feita em alguns trechos em veículos elétricos com motorista. Algumas galerias estão bem distantes umas das outras, você ganha tempo e aproveita para dar um descanso entre um ponto e outro. O transporte interno agiliza muito os passeios de 1 dia.

LocalizaçãoMAPS

2- Voo Duplo de Parapente no Topo do Mundo Serra da Moeda

Voo de Parapente Topo do Mundo

O que fazer no Topo do Mundo - Serra da Moeda?

Para os amantes dos esportes radicais, uma dose de adrenalina não pode ficar de fora de sua lista de passeios, o voo duplo de parapente na Serra da Moeda. Nos finais de semana os céus da região fica colorida com o voo livre dos parapentes e asas delta, atraindo olhares curiosos dos turistas para a área de decolagem.

A rampa de decolagem no Topo do Mundo está a 1450 metros a nível do mar, localizada a 28km de Belo Horizonte, partindo do BH Shopping, no sentido do Rio de Janeiro. Há duas decolagem, uma no lado Leste, com 170 metros de desnível, voltada para a Lagoa dos Ingleses, apelidada pelos praticantes de Moedinha. A segunda rampa de decolagem está voltada para o Oeste, com 560 metros de desnível a depender da área de pouso, no vale da Serra da Moeda, apelidada de Moedão.

O voo duplo de parapente com instrutor tem duração de 10 a 30 minutos a depender das condições meteorológicas, custa R$350,00 e o agendamento pode ser feito com a Sky Driver Escola de Parapente e Paramotor.

LocalizaçãoMAPS

3- Parque Estadual da Serra do Rola-Moça

Serra do Rola-Moça

Para quem gosta de contemplar a natureza e uma bela paisagem de um dos Mirantes Morro dos Veados, sem ter que fazer longas caminhadas, o Parque Estadual da Serra do Rola-Moça é uma ótima pedida. Possui uma rica biodiversidade, com especies raras da flora e fauna, como o lobo-guará, onça parda, cachorro do mato, canela-de-ema, orquídeas, bromélias e cáctos.

Parte da água que abastece a região metropolitana de Belo Horizonte vem de 6 mananciais de dentro do parque, além de uma plataforma de observação Astronômica, trilhas para caminhada e bike, auditórios, biblioteca e residências funcionais. A principal entrada do parque para quem vem da BR 040 se da por trás do Posto Chefão as margens da rodovia BR 040.

LocalizaçãoMAPS

4- Sitio Histórico Quilombo do Sapé

Quilombo do Sapé

A cultura afro-brasileira está enraizada na história da região de Brumadinho, onde as comunidades Marinhos, Ribeirão, Rodrigues e Sapé formam a região quilombola, quando um fazendeiro e dono de escravos doou uma pequena parte da propriedade a um escravo no século XVII.

Ao longo dos anos outros escravos fizeram morada na região em casas feitas de pau a pique e sapé. As comunidades mantém vivas as tradições até hoje, podendo ser visitadas as capelas  igrejas construídas pelos escravos e uma fabrica de cerâmica.

LocalizaçãoMAPS

5- Serra da Calçada e Ruínas do Forte de Brumadinho.

Ruinas do Forte de Brumadinho

O nome Serra da Calçada se dá por causa do calçamento de via proveniente do século XVIII, utilizado para facilitar o acesso às fazendas e pontos de atividades minerárias à época. Esse caminho levava ao Forte de Brumadinho, uma enorme edificação feita de pedras e que teria sido usada como entreposto comercial. Localizada entre a Serra do Rola-Moça e a Serra da Moeda.

Além das ruínas do Forte de Brumadinho, ao longo da trilha que dá no forte existem algumas cachoeiras como a Cachoeira das Ostras onde é possível se refrescar.

Localização: MAPS

Onde Dormir na Serra da Moeda

Onde Comer na Serra da Moeda